Reforma da Previdência Estadual é debatida na Assembleia Legislativa


03/12/2019 08:32 | Audiência Pública | Karina Freitas - Fotos : Sergio Galdino

Compartilhar:

Carlos Giannazi<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-12-2019/fg245059.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>  João Chaves, Agente Robson, Carlos Giannazi, Prof. Valéria<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-12-2019/fg245060.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Público presente <a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-12-2019/fg245061.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>  Reforma da Previdência e novo Plano de Carreira<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-12-2019/fg245062.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

O governador João Doria enviou para o Legislativo paulista a PEC 18/2019 e o Projeto de Lei Complementar 80/2019 - as duas medidas tratam da reforma da Previdência estadual. O deputado Carlos Giannazi (PSOL) promoveu nesta segunda-feira (3/12), no plenário José Bonifácio, uma audiência pública para esclarecer e debater o assunto.

João Chaves, presidente da Associação dos Docentes da Unesp, defendem que as propostas sejam contestadas. Ele afirma que os critérios são inalcançáveis para os servidores. "A possibilidade de se aposentar fica além do alcance e aqueles que eventualmente conseguirem, vão ter uma aposentadoria bastante rebaixada", declarou o professor.

Para o deputado Carlos Giannazi, a proposta do governador João Doria precisa ser mais debatida. "A nossa função é desmascarar essa farsa e organizar os servidores para fazer uma grande mobilização para que ela não seja aprovada".

Entre as medidas previstas na Reforma da Previdência Estadual está o aumento da contribuição previdenciária de 11% para 14%.